Atualize seu navegador!
Notícias

Roseani e André Luiz são os novos autodefensores da Apae-DF!

  • ELEITOS

Os aprendizes Roseani de Carvalho Cristo e André Luiz Gonçalves Pedrosa (ambos da Unidade Guará) foram eleitos os novos autodefensores da Apae-DF. A eleição foi realizada nesta sexta-feira (07/04), somando 317 votos de aprendizes frequentes nas quatro unidades da Associação (Asa Norte, Guará, Ceilândia e Sobradinho).

 

Roseani conquistou 91 votos e foi a primeira colocada entre as quatro candidatas mulheres. André Luiz obteve 106 votos e foi o primeiro colocado entre os quatro candidatos homens. Os dois tomam posse na próxima semana e assumem a autodefensoria pelos próximos três anos, de 2017 a 2019.

 

Além dos dois titulares, também foram eleitos, como suplentes, os aprendizes Kelly de Araújo Fumagali e Sandro Fernandes Garró (ambos da unidade Asa Norte). Eles conquistaram 87 e 93 votos, respectivamente, ficando em segundo lugar entre os candidatos de cada gênero.  Como suplentes, eles  ficarão responsáveis por substituir os autodefensores em suas ausências.

 

Desde já, a Apae-DF parabeniza seus novos autodefensores pela vitória e a todos os demais candidatos e aprendizes votantes pelo exemplo de democracia e respeito demonstrados ao longo de todas as etapas da eleição. Também agradecemos aos profissionais, voluntários e familiares que colaboraram com o processo eleitoral, especialmente à equipe do nosso Programa Acadêmico, que assumiu a organização geral das ações.

 

Sobre os autodefensores

Os autodefensores são os representantes dos aprendizes da APAE junto à Diretoria Executiva da instituição. Eles são eleitos pelos demais aprendizes da entidade e devem formar uma dupla, sendo um aluno e uma aluna matriculados e freqüentes na instituição. Os autodefensores ocupam a função pelo período de três anos e têm as seguintes competências:

  • I – defender os interesses da pessoa com deficiência intelectual e múltipla, sugerindo ações que aperfeiçoem o seu atendimento e a sua participação em todos os segmentos da sociedade;
  • II – participar das reuniões da Diretoria Executiva e do Conselho de Administração, opinando e votando sobre assuntos de interesse da pessoa com deficiência intelectual e/ou múltipla;
  • III – participar dos eventos promovidos e organizados pelo movimento Apaeano;
  • IV – votar e ser votado para os cargos da autodefensoria.

 

Sobre a Eleição

 

A eleição dos autodefensores ocorre de três em três anos, a partir do voto do total dos aprendizes matriculados e frequentes na instituição. Ela ocorre quase que simultaneamente ao período de eleição da Diretoria Executiva de cada APAE. No caso do DF, as regras estão definidas no artigo 45 do Estatuto Social da Instituição (disponível AQUI)

A escolha dos atuais autodefensores da Apae-DF deveria ter ocorrido no final de 2016, mas precisou ser adiada para o dia 07 de abril de 2017, excepcionalmente,  por questões de organização interna. A mudança foi autorizada pela coordenadoria nacional de autodefensoria do Movimento Apaeano.

 

O processo de eleição respeitou a seguinte programação:

 

  • 20 a 23/02 (SEG A QUI) – Período de inscrição dos interessados em concorrer às vagas de autodefensores da APAE-DF.
  • 24/02 (SEX) – Assembleia de aprendizes, em cada unidade, para eleição dos candidatos oficiais entre os inscritos;
  • 09/03 (QUI) – Reunião da coordenadora de Autodefensoria do DF com os candidatos oficiais e seus pais ou responsáveis, às 14h, na sede.
  • 23/03 (QUI) – Debate dos candidatos na unidade do Guará (à tarde);
  • 28/03 (TER) – Debate dos candidatos na unidade de Ceilândia (à tarde).
  • 30/03 (QUI) – Debate dos candidatos na unidade de Sobradinho (à tarde) 
  • 04/04 (TER) – Debate dos candidatos na unidade da Asa Norte (à tarde).
  • 07/04 (SEX) – Eleição dos Autodefensores da APAE-DF, simultaneamente, nas quatro unidades, das 9h às 16h.  Contagem e divulgação dos vencedores ao final do dia!

 

 

 


Fonte: Ascom - APAE-DF